Prefeito Jonas recepciona novos profisssionais da Fumec e do Ceprocamp

“A minha admiração, o meu respeito a todos vocês, professores e profissionais que passam a integrar os quadros da Fumec para os programas de EJA e de Educacional Profissional do Ceprocamp. Que vocês tragam ideias novas para poder criar um ambiente cada vez mais fértil para o aprendizado”, disse o prefeito Jonas Donizette aos 80 novos servidores que ingressaram por meio do concurso público na Fundação Municipal de Educação Comunitária sede, na EJA e no Centro de Educação Profissional de Campinas. Ele deu as boas-vindas aos novos funcionários em cerimônia realizada na tarde desta terça-feira, 5 de maio, no auditório do Ceprocamp, ao lado da Estação Cultura.
 
Este é o primeiro concurso da Fumec após 15 anos. É também o primeiro concurso público realizado para o Ceprocamp, que foi criado em 2004. Anteriormente, os professores eram contratados no regime celetista. Os novos funcionários são: 42 professores do Ceprocamp, 5 docentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), 3 da Educação Especial, 2 orientadores pedagógicos, 2 economistas, 2 administradores, um engenheiro, um procurador e 22 agentes administrativos.
 
“No nosso governo fizemos escolha por gente. Fizemos 13 concursos públicos e 3.300 pessoas foram contratadas. Somente na Educação foram 1.200. Temos dado toda a estrutura para o aprendizado. Também estamos homenageando servidores que se aposentaram e para a reposição estamos chamando novos servidores para a força ativa da Prefeitura. Acredito que estamos no rumo certo”, disse Jonas aos novos ingressantes na carreira pública.
 
O prefeito citou todo o trâmite que foi necessário para a reorganização administrativa da Fumec para os cargos e a contratação por meio de concurso público. Além de enviar projeto de lei para a Câmara, que foi aprovado, a atual gestão também fez um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público do Trabalho e se comprometeu a contratar, a partir deste ano, professores para o Ceprocamp apenas por meio de concurso público.
 
A secretária de Educação, Solange Pelicer, parabenizou os novos funcionários. “Que vocês atuem como servidores públicos e educadores e que venham assim fazer a diferença na vida dos alunos, jovens e adultos que passarão pelas suas mãos. Que vocês tenham felicidade aqui”.
 
Atualmente o Ceprocamp conta com 5 cursos técnicos e 17 profissionalizantes. A pretensão é ampliar os cursos técnicos no próximo semestre. Ano passado o Ceprocamp teve 2.750 alunos.
 
“A Fumec tem tido uma gestão diferenciada por conta do prefeito que tem permitido e prestigiado todos os nossos eventos. A secretária de Educação, Solange Pelicer também tem nos ajudado a construir a Fumec e o Ceprocamp, com gestão mais efetiva e com resultados brilhantes”, disse a diretora executiva da Fumec, Darci da Silva.
 
A Fumec também conta com 160 salas de aula destinadas a educação de Jovens e Adultos (EJA). Ao todo são 2.800 alunos de EJA (do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, para alunos com idade a partir de 15 anos). Também há 11 salas de aula para os analfabetos funcionais – pessoas que possuem certificado, mas precisam de aulas de reforço.