Prefeito participa da abertura do ano letivo do Ceprocamp

Decom

 

“Eu sempre acreditei na Educação como algo que faz a diferença na vida das pessoas. E penso que ser um educador é compartilhar os sonhos e aspirações de um aluno”. Foi com essa mensagem que o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, abriu, na noite de quarta-feira (30), no Salão Vermelho do Palácio dos Jequitibás, o início dos trabalhos de planejamento pedagógicos do Centro de Educação Profissional (Ceprocamp), da Fundação Municipal para a Educação Comunitária (Fumec).

 

Os trabalhos foram marcados por um encontro que contou também com a presença da secretária municipal de Educação, Solange Villon Kohn Pelicer, da diretora executiva da Fumec-Ceprocamp, Darci da Silva, e do coordenador-geral do Ceprocamp, José Batista Carvalho Filho.

 

O prefeito aproveitou a ocasião para ressaltar a importância do papel do professor. “Queremos dar condições para vocês trabalhar e os alunos, de aprender”, afirmou.

 

A secretária de Educação chamou a atenção para o “apagão da mão de obra qualificada” que o país está vivendo. “Vocês têm a oportunidade de fazer a diferença no país e oferecer um caminho para adultos e os jovens”, alertou Solange.

 

A mesma preocupação com o aluno tem o coordenador geral do Ceprocamp. “Queremos oferecer um ensino de qualidade e, por isso, a necessidade de garantirmos nesses três dias um planejamento pedagógico afinado com a necessidade do aluno e do mercado de trabalho”, afirmou Batista.

 

Para a diretora-executiva da Fumec-Ceprocamp, o ano de 2013 começa com um grande desafio:”Eeduzir o número de pessoas não alfabetizadas em Campinas por meio da Educação de Jovens e Adultos. De acordo com dados do IBGE, em 2010, Campinas tinha 28.442 pessoas, a partir de 15 anos, não alfabetizadas”.

 

A professora Doutora Marinalva Imaculada Cuzin, Coordenadora do Programa de Educação de Jovens e Adultos, também esteve presente neste evento juntamente com suas estagiárias, Nathália Godoi e Iany Ferraz.